QUAL O FUTURO DA ÁREA DE VENDAS NA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA?

Prezados,


Vamos aproveitar nosso networking e debatermos o seguinte assunto:

O que deve acontecer com a profissão de Propagandista nos próximos anos? Quais as mudanças e quais os impactos em nossas carreiras?

Qual sua opinião a respeito? 

Exibições: 4168

Responder esta

Respostas a este tópico

O Representante (Propagandista), jamais será substituído.

É o ELO mais importante entre o laboratório e o médico.

Sem dúvida! As demissões são reflexo disso, cada vez mais representantes tem aumentado o seu território de atuação. Esse mesmo estudo que o Frederico cita, há uns bons anos atrás era completamente diferente. Os médicos queriam e precisavam nos receber. Contudo, acredito que a empregabilidade mais ameaçada é dos representantes que trabalham com primary care. Quem atua nas linhas especiais, já atuam em grandes territórios, com médicos específicos e com isso, não vejo uma mudança tão brusca em relação ao perfil de trabalho.

Bom dia! Esta matéria me chamou muita atenção. Acabo de entrar na indústria e posso ver claramente como o relacionamento faz toda a diferença. Concordo com o Carlos, o contato humano jamais será o mesmo de uma máquina. Porém os robôs com seus HD´s serão capazes de gerar mais informação aos médicos, com isso vamos ter que cada vez mais saber um pouco de cada assunto( independente da área) para não deixarmos isso acontecer rs. 

A tecnologia nao veio nos substituir.Nós è que temos que ser adaptaveis a essa nova era e incorporar ela no nosso dia a dia.Esta combinaçao: Relacionamento x Tecnologia è que poderá nos ajudar a ver onde estamos na corrente do Tempo.Demissões sempre vão existir em qualquer segmento mas acredito que a Dedicaçao e Honestidade ainda são os Patamares desta profissao que abraçamos.Ja estou a 35 anos somente na Dermatologia .....e amo demais o que eu faço.

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por JONI MENGALDO.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço