Siga o DikaJob

YouTube    -    Instagram    -    LinkedIn    -    Telegram    -    Facebook

Como a Baxter atravessou as adversidades da pandemia e cresceu dois dígitos no último ano

A empresa, que fornece alguns equipamentos hospitalares e soluções diretamente relacionadas à Covid-19, aumentou sua capacidade, otimizou sua logística e acelerou lançamentos para evitar o desabastecimento de produtos

Com todos os desafios e oscilações de cenário que se apresentaram em 2020, a Baxter - fabricante global de equipamentos e insumos hospitalares, fechou o ano da maior crise sanitária da atualidade com crescimento operacional de dois dígitos. Com aumento repentino de aproximadamente 20% na demanda por bombas de infusão e soluções parenterais, e mais de 100% em produtos para terapia renal substitutiva contínua (usados em pacientes críticos com injúria renal aguda), a empresa rapidamente revisitou seu planejamento e tomou medidas que evitaram o desabastecimento dos produtos em um dos momentos mais críticos de saúde pública global.

Para gerenciar o cenário instável, a empresa se antecipou ao problema e, com base na situação da empresa em países da Europa e Ásia, que já estavam no pico da pandemia, a filial brasileira revisitou seu planejamento e aumentou os estoques de produtos importados - em alguns casos em até quatro vezes o volume normal - para garantir o abastecimento dos itens críticos sem interrupções, além de redimensionar a produção local. Além disso, a empresa solicitou antecipadamente à ANVISA o registro em caráter excepcional e temporário de uma nova bomba de infusão smart, que amplia a capacidade de infusão de medicamentos nas UTIs, com potencial de beneficiar dezenas de milhares de pacientes críticos.

Além disso, a empresa lançou uma nova plataforma e soluções para terapia renal substitutiva contínua - dispositivo que otimiza o tempo das equipes de atendimento nas UTIs, visando contribuir com a capacidade de atendimento das instituições, além de intensificar os treinamentos para profissionais de saúde. No total, foram realizados mais de 170 webinars e reuniões científicas, levando informações relevantes a mais de 2000 profissionais de saúde no Brasil em 2020.

"Entre os principais desafios enfrentados interna e externamente, o maior foi, sem dúvida, o aumento substancial na demanda de alguns produtos, que provocou escassez em um primeiro momento da pandemia em diversos países. Diante disso, uma boa parte de nossos clientes no Brasil decidiu aumentar os estoques de insumos, preparando-se para o crescimento na ocupação hospitalar, como acontecia na Itália. Naquele momento, entendemos nosso papel diante da situação e, ao invés de disponibilizarmos os produtos de acordo com as solicitações - o que beneficiaria um menor número de instituições, analisamos o histórico de consumo de cada cliente, assim como a capacidade de utilização das terapias, baseados principalmente na quantidade de equipamentos instalados, e definimos os quantitativos a serem ofertados. Com essas informações em mãos, foi implementado um racional para a entrega dos produtos, evitando excessos e faltas de insumos hospitalares.", comenta Antônio Nasser, presidente da Baxter Brasil.

Em resumo, um conjunto de fatores justifica o crescimento de dois dígitos da Baxter no Brasil: a antecipação para o trabalho remoto, realizando simulados e identificando áreas de melhorias antes da pandemia chegar ao Brasil; o aumento da demanda de produtos relacionados ao tratamento de pacientes na pandemia; o lançamento precoce de produtos também relacionados a pandemia; a otimização da produção local; prestação de serviço técnico de forma ininterrupta, além de um gerenciamento diferenciado para que todos os colaboradores estivessem preparados para este novo momento, trazendo segurança, engajamento e maior senso de responsabilidade para todos.

Exibições: 42

Comentar

Você precisa ser um membro de DikaJob - Rede Social Farma, Biotec e Life Sciences para adicionar comentários!

Entrar em DikaJob - Rede Social Farma, Biotec e Life Sciences

ACESSE

© 2021   Criado por Joni Mengaldo.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço