Siga o DikaJob

YouTube    -    Instagram    -    LinkedIn    -    Telegram    -    Facebook

Noruega altera recomendação da vacina Pfizer/BioNTech após 23 mortes

© REUTERS / Urs Flueeler / Keystone / Kanton Luz

Mortes em decorrência da vacina de mRNA

Fonte: Diário da Saúde

A Agência Norueguesa de Medicamentos anunciou que 23 pessoas já morreram depois de tomar a vacina das farmacêuticas Pfizer e BioNTech contra a covid-19.

A agência já analisou 13 desses casos, confirmando a vacina como fator desencadeador da morte. Os demais casos continuam sendo analisados.

Todos os 13 casos fatais já analisados envolveram pessoas com mais de 80 anos de idade.

"Os relatórios indicam que os efeitos colaterais comuns das vacinas de mRNA, como febre e náusea, podem ter levado à morte alguns pacientes frágeis," disse Sigurd Hortemo, médico-chefe da Agência Norueguesa de Medicamentos.

Como resultado, o Instituto Nacional de Saúde Pública do país alterou o guia de vacinação, incluindo novas recomendações sobre a vacinação de idosos.

"Os médicos devem agora considerar cuidadosamente quem deve ser vacinado. Aqueles que estão muito frágeis e no final da vida podem ser vacinados após uma avaliação individual," disse Steinar Madsen, também da Agência Norueguesa de Medicamentos.

Mas Madsen minimizou as mortes: "Não estamos alarmados com isso. É bastante claro que essas vacinas apresentam um fator de risco muito pequeno, com uma pequena exceção envolvendo os pacientes idosos mais frágeis."

A vacinação contra o coronavírus SARS-CoV-2 na Noruega com o imunizante de mRNA das farmacêuticas Pfizer e BioNTech começou em 27 de dezembro passado.

Segundo o relato da Agência, até o momento 25 mil pessoas já foram vacinadas no país. Levando em conta o número de óbitos relatados, isso resulta em 1 chance de morte a cada 1.086 pessoas vacinadas, sendo que o número seria maior para a faixa etária mais elevada, mas a Agência Norueguesa não divulgou os números de vacinados por faixa etária.

Dados até o dia 14/01/21. Outras 10 mortes associadas à vacinação estão sob análise. - [Imagem: Fonte: NRK]

Exibições: 1291

Comentar

Você precisa ser um membro de DikaJob - Rede Social Farma, Biotec e Life Sciences para adicionar comentários!

Entrar em DikaJob - Rede Social Farma, Biotec e Life Sciences

ACESSE

© 2021   Criado por Joni Mengaldo.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço