DikaJob - um pouco da História....

10067999300?profile=RESIZE_400x 

Você deve se perguntar que é o DikaJob? Qual o objetivo? Que ganhamos com isto?

Vamos lá...

Em 2006 perdi meu emprego na AstraZeneca, estava na empresa há pouco mais de 6 anos, 4 deles como Gerente de Treinamento de Vendas.

Uma série de situações levou à minha demissão e reconheço minha grande contribuição para eu ser desligado. Sem querer apontar o dedo para a empresa ou a pessoa que me desligou, hoje (21/06/2010) posso analisar friamente e aprender com a situação. Mas esse é um capítulo a parte que contarei com mais detalhes em outro momento.

Ao ser desligado, meu pensamento era:

“vai ser fácil me recolocar, já passei por vários laboratórios como Propagandista e Key Account,conheço muita gente.... e o principal acredito em Deus e Ele vai me ajudar.” (E de fato Ele tem me ajudado, mas não da maneira que eu esperava...). 

No dia seguinte à minha saída o telefone de minha casa não parava de tocar; tinha devolvido o celular da empresa, notebook, carro e simplesmente estava “off” do mundo. Mas consegui ser localizado em casa.

A empresa me ofereceu um programa de recolocação por seis meses (que nao queria fazer e cabe um outro artigo, falando sobre isso); o tempo foi passando e eu não conseguia me recolocar. E algo que aprendi no processo foi que precisamos ter um bons relacionamentos ou costumamos falar networking.

E o paradoxo é que ao mesmo tempo em que aprendia isso, aqueles “amigos” aos poucos foram se mostrando não tão amigos, houve um afastamento natural. E, comecei a pensar, qual a razão?

  • Talvez eu é que não fosse tão amigo!
  • Talvez eu não estivesse tão presente!
  • Talvez eu não me preparara para um momento como esse!

Desenvolvo minha Inteligência Espiritual desde que tinha 17 anos; e naquele momento foi natural me aprofundar, buscando ancorar minha vida em na espiritualidade, e, lendo a Bíblia, um trecho me tocou profundamente: “ame ao teu próximo como a ti mesmo” (Mt 22.39).

O cenário daqueles momentos era: eu tentava encontrar um local onde pudesse ver oportunidades de emprego, me cadastrava em sites, recebia várias vagas e deletava as que não me interessavam.

Tanto quanto eu, comecei a perceber pessoas que necessitavam voltar ao mercado de trabalho e então baseado neste princípio - "amar ao próximo" - passei a encaminhar estas vagas para quem precisava. Primeiramente por e-mail.

O volume foi crescendo – pessoas, vagas, oportunidades - com isso criei (07/03/2007) um grupo pelo YahooGrupos para distribuição destas vagas. Na época o grupo chamava Didasko (também cabe um capítulo à parte) 

Mudei o nome do grupo do Yahoo! para DikaJob, e a primeria plataforma como Rede Social chegou fevereiro de 2010.

Hoje somos mais de 42mil participantes e estamos crescendo e nos transformando.

Nesta história nunca fomos remunerados por vagas, este sempre foi um trabalho voluntário e dinâmico, seja na busca por oportunidade, seja na postagem. Não há nenhum vaga "inventada". Talvez uma vaga que foi ocupada e o post permance mais alguns dias na plataforma.

Se você chegou até aqui, participe da nossa pesquisa. Ajude o DikaJob a te ajudar! 

Vai um spoiler:  Mudamos nossa plataforma, logo mais teremos uma nova identidade visual e tem mais serviços por aí.

Por fim, quero deixar uma "dika", colabore, participe mais ativamente, escreva, faça seu artigo, disponibilize informações: indústria, vagas, oportunidades, carreira, fórum, é assim que você vai se projetar e mais visto pelo mercado, hoje as empresas buscam pessoas resilientes, positivas, dinâmicas, proativas, que pensei em equipe e você pode pensar em equipe, desde já.

Graças a Deus por isso!!!

Estamos a disposição para nos falarmos e desenvolvermos projetos juntos, fale conosco pelo e-mail abaixo.

 

Um bJoni!

 

Joni Mengaldo

dikajob@dikajob.com.br

 

Postado em 21/06/2010

Revisado em 04/04/2017

Revisado em 03/02/2022 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de DikaJob.

Join DikaJob

Comentários

  • Fantástico seu testemunho.

    Deus é Bom e misericordioso.

    Também fui desligada, também não estou conseguindo voltar, por idade, 

    tenho 23 anos de experiência.

    Entre Propaganda Médica e vendedor de trade marketing

  • João não há dúvidas da grande prestação de serviço que você realiza a sociedade. Eventuais situações desagradáveis podem ocorrer. Mas o reconhecimento dos profissionais da industria por seu trabalho de ''Amor ao Próximo'' pelo Dikajob é fato e só tem a se fortalecer

    .

    Forte abraço,

  • Fantástico seu trabalho João!!! Entrei na indústria a 6 meses e estou gostando bastante. Me identifiquei muito com seu depoimento pois tive alguma dificuldades de recolocação ao longo de minha história profissional. Hoje com todo aprendizado, pude ajudar a dois colegas a entrar na indústria como forma de recolocação. Fiquei muito satisfeito em poder ajudá-los. Quem precisar pode contar comigo sempre. Um abraço em todos!!
  • Meus parabéns, estou parado faz alguns meses mas já mandei meu currículo para umas 4 vagas em minha cidade, uma hora tenho fé que serei chamado ao menos para uma entrevista.

  • Parabéns João!! Hoje você serve de inspiração aos que buscam ajudar ao próximo!!! Sua história inspira e traz de forma simples o exemplo de atitude positiva. Acredito que entre os nossos sonhos e realizações, existe a diferença! E pessoas como você, sabem fazer a diferença aproximando realizações dos sonhos!
    Grande abraço,
    Jamil Celini
  • João, parabéns pela iniciativa e criatividade ao criar este espaço.
  • Olá, João lí o seu comentario, e me solidariso com você, pois depois de 20 anos na industria farmacêutica e passado por varias areas, acabei sainda do ramo. demorei um pouco para perceber que existe vida fora da industria farmacêutica e hoje trabalho em outra area que me dá uma sustentabilidade parecida com a da industria, é claro que os laboratorios tem o seu lado bom e que quando entra no sangue não queremos mais sair dele e eu gostaria muito de voltar, por isso estou aqui procurando voltar ao ramo. Mas pessoal espandam os olhares mesmo que queiram voltar, mas não deixem de olhar para o lado, pois pode aparecer alguma coisa boa fora. Boa sorte a todos.
  • Olá João!

    Sou irmã do Charbel (IBCU) e ele me indicou fazer parte do DIKAJOB pois sou técnica em farmácia, bióloga e mestre em Ciências pela USP. Também descobri ao longo das minhas buscas por trabalho que diploma não traz emprego (na maioria das vezes) e achei excelente sua idéia através do DIKAJOB. Muito bacana suas motivações para com o próximo através desse site. Que Deus o abençoe!

  • Prezado João, que todos tenhamos um 2011 cheios de bençãos e realizações.

    Parabéns pela sua iniciativa, que esta ferramenta benéfica à todos se perpetue.

    Estou passando por este momento descrito por vocês, transição...

    Minha rescisão ocorreu no dia 20/12/2010 após quase 14 anos na empresa, 18 meses como Gerente Distrital e 12 anos como Gerente Regional São Paulo Interior/Centro-Oeste.

    Nesta transição a melhor frase que ouvi de um amigo foi :

    "Rogério, Deus opera em nossas vidas por dois motivos, aprendizado ou livramento"   

    Acredito que em meu caso seja pelos dois motivos.

    Não lembrava o que era "estar disponível para o mercado", e agora que a ficha caiu, a sensação não é nada agradável.

    O que me conforta é meu histórico, ter a consciência de que ao longo destes 19 anos na ind. farmacêutica nunca cometi nenhuma injustiça no cumprimeto de minhas funções, seja aos olhos do homem, seja aos olhos de Deus.  

    Agora resta aguardar que o mercado retome as suas atividades e que as várias oportunidades surjam para que todos tenhamos possibilidade de retomar as nossas carreiras.

    Moro em Ribeirão Preto e caso possa ajudar, a inteira disposição.

    Fraternal abraço.

    Rogério Blanco 

      

  • Parabéns João por sua visão de futuro e fé em Deus.

    Hoje estou passando pelas mesmas dúvidas e realidades que você passou anos atrás e assim como você, continuo acreditando nas possibilidades embora muito reduzidas pela própria realidade deste mercado.

    Sinto que os nossos sindicatos, aliás cada vez menos preocupados com os sindicalizados e muito mais nos membros que deles fazem parte, poderiam ampliar em muito a captação das informações de vagas no mercado farmacêutico, uma vez que a maioria das demissões (homologações) são feitas através dos mesmos e contribuir de forma direta para a melhoria da empregabilidade dos profissionais da Indústria.

    Oxalá eu tenha uma luz para me iluminar e me mostrar qual o meu verdadeiro caminho, pois neste momento sinceramente agradeço ao Nosso Senhor a oportunidade que Ele me deu de plantar boas sementes e conto muito com meus colegas e amigos para retomar minhas atividades profissionais o mais rápido possível.

    Com toda a verdade e força do meu ser, desejo a todos, especialmente a você, um 2011 só de oportunidades e certezas.

    Abraços;

    William Deus Soares

    Curitiba - Paraná.

This reply was deleted.

Faça seu post no DikaJob